Elementos de Campanha – A Mina Perdida de Phandelver [última atualização: 18/03/2016] CUIDADO, SPOILERS!!!

6 de março de 2016

CUIDADO, SPOILERS!!!


Elementos de campanha


Lost Mine of Phandelver

Índice

Lost Mine of Phandelver

Observações

História da Revisão

O Grupo

1. Locais

2. Pessoas, Grupos, Organizações

3. Eventos

4. Objetivos e Metas

5. Eventos em ordem cronológica


Lost Mine of Phandelver


Observações


História da Revisão

Data Autor ou Revisor Mudanças Observações
2016 Mar 03 Luis Olavo – Primeira versão
2016 Mar 09 Atualização com informação do Episódio 8.
2016 Mar 16 Atualização com informação do Episódio 9. Pequenas correções.

O Grupo

Erevan Brisa Noturna

Druida Elfo.

Juntou-se recentemente ao grupo. Amigo e aliado chamado Davi Edermath, para quem parece ter uma dívida de gratidão considerável.

Klank de lugar nenhum

Guerreiro Anão.

Rael

Ladino Elfo. Loiro. Separou-se temporariamente do grupo e descobriu as mercadorias de Luana Graywind.

Sandoval Miels

Feiticeiro Humano. Embora não tenha acesso a magias de cura, ainda assim mostrou uma tendência a desempenhar o papel de curandeiro nas primeiras aventuras do grupo. Vivia em Neverwinter, mas mostrou interesse em se ausentar por algum tempo.

Em combate, tem uma tendência a empregar Ray of Frost ou, à queima-roupa, Shocking Grasp. Em situações mais extremas, Witch Bolt. Recentemente começou a dominar a arte da Fonte de Magia.

Vern Verón

Bardo Meio-Elfo. Carismático e entusiasmado.

Clique para voltar ao Índice no topo do texto


Locais

Casa de Comércio de Osmar Barten (“Provisões de Barten”)

Osmar Barten é um homem de negócios dedicado e zeloso de sua reputação profissional. Seus ajudantes chamam-se Cardo e Anderson.

Caverna do Eco da Onda

Local lendário, objeto da partilha do Pacto de Phandelver. Nela fica a Forja das Magias.

Estalagem Stonehill (Colina de Pedra)

Um dos pontos centrais e mais movimentados de Phandalin. Uma organização familiar. O estalajadeiro Thomas Stonehill, sua esposa Helena e a garçonete Elza atendem os clientes. O jovem Pedrinho Stonehill, filho do casal, também pode ser encontrado nas instalações.

Entre os frequentadores assíduos, incluem-se um mineiro chamado Lorenzo; um homem com aparência de fazendeiro; e uma moça de pele muito branca e cabelos muito negros.

Ferraria

O ferreiro é Benjamin Iron, algo avançado em idade, mas muito competente e habilidoso. Sua filha Alice Iron vive com ele.

Forja das Magias

Local lendário onde, mais de quinhentos anos atrás, conjuradores humanos criavam itens mágicos com o apoio dos anões e gnomos do Pacto de Phandelver. Fica na Caverna do Eco da Onda.

Neverwinter

Importante cidade da Costa da Espada em Faerun. Ponto de partida da história e local onde Klank de lugar nenhum recrutou a maior parte do grupo. Sede da Aliança dos Lordes.

Penhasco da Bocarra

Região onde se concentram os Goblins do Rei Groll.

Phandalin

Cidade humana. Nela e nas florestas em redor ocorre a maior parte da ação inicial da aventura. A imensa maioria dos NPCs vive em Phandalin.

Locais de interesse incluem o Santuário, frequentado por Humanos e Elfos (pelo menos); a Estalagem Stonehill (Colina de Pedra); a Ferraria; a casa de comércio de Osmar Barten; os postos de troca de Luana e Hilda ao sul da cidade.

O habitante típico de Phandalin vive atualmente atemorizado com a agitação dos Marcas-Vermelhas. É possível que o perigo potencial dos bandos Goblins na região não seja devidamente reconhecida pelos habitantes.

A cidade foi reconstruída décadas ou séculos atrás, após ter sido destruída em uma invasão.

O acesso a Phandalin é feito quase exclusivamente pela Trilha do Javali ao norte.

Pomar de Maçãs de Edermath

Localizado junto à residência de Davi Edermath.

Posto de Troca de Hilda Thornton

Próximo à região das minas.

Salão do Mestre da Cidade

Residência do prefeito Hugo Wester.

Santuário da Sorte de Phandalin

Dedicado a Tymora, deusa da boa fortuna. Feito com pedras antigas. Irmã Garaele oficia os ritos.

Venda de Rua de Luana Graywind

Bem estocada em armas e armaduras. Privilegia os produtos da família Lionshield. Em dificuldades de abastecimento depois que sua carruagem comercial foi interceptada por goblins.

Tem um brasão de Lionshield, cujas mercadorias vende.

Clique para voltar ao Índice no topo do texto


Pessoas, Grupos, Organizações

Aliança dos Lordes

Organização de Neverwinter. Sérgio Hallwinter e Arno Albreck são membros. Ligada ao Pacto de Phandelver. Tem interesse na Caverna do Eco da Onda. Segundo Sérgio Hallwinter, tem como uma de suas metas garantir a prosperidade de Phandalin, que está em estagnação econômica.

Alice Iron

Filha de Benjamin Iron.

Anderson

Junto com Cardo, um dos dois ajudantes de Osmar Barten.

Aranha Negra

Aliado do Rei Goblin Groll. Mandante da captura de Sérgio Hallwinter.

Arno Albreck

Mago humano, cerca de 30 anos, não muito alto. Aliado de Sérgio Hallwinter. Aparentemente reside em Phandalin.

Benjamin Iron

Ferreiro de Phandalin.

Cardo

Junto com Anderson, um dos dois ajudantes de Osmar Barten.

Davi Edermath

Meio-Elfo aliado de Erevan. Cabelos branco-prateados. Avisou o grupo sobre a necessidade de resgatar Gundren com urgência. Mora em Phandalin. Idade avançada (cerca de 160 anos).

Elza

Garçonete na Estalagem Stonehill (Colina de Pedra).

Groll

Rei Goblin. Klarg é um de seus comandados diretos. Diz-se que vive em um castelo, presumivelmente no Penhasco da Bocarra.

Gundren Buscarocha

Amigo de Krank e de Sérgio Hallwinter. Foi capturado pelas forças de Groll e, pelo que se sabe, está sendo mantido vivo para indicar o caminho até a mina. Tem dois irmãos que vivem em Phandalin e podem ser aliados em potencial.

Helena Stonehill

Esposa de Thomas Stonehill. Trabalha com o marido na Estalagem. Mãe de Pedrinho.

Hilda Thornton

Dona do posto de troca de Phandalin.

Hugo Wester

Mestre da Cidade (“Prefeito”) de Phandalin. Eleito anualmente por quatro vezes seguidas. Insiste em minimizar o perigo dos Marcas Vermelhas, que apresenta como simples Guilda de Mercenários.

Irmã Garaele

Elfa de cabelos brancos. Oficia o culto no santuário de Phandalin. Teme os Marcas-Vermelhas.

Klarg

Bugbear perigoso. Comanda o lobo Estripador e seu próprio grupo de Goblins, embora responda ao Rei Groll. Em seu primeiro confronto com o grupo de PCs mostrou-se pouco afortunado, mas provavelmente voltará a causar problemas no futuro.

Luana Graywind

Dona da venda de Phandalin. Cabelos castanhos-escuros. Considera famosa a família Lionshield cujos produtos vende. Recompensou com 50 peças de ouro Rael por ter localizado sua mercadoria capturada.

Luana é determinada e zelosa por seu negócio, a ponto de querer contratar mercenários para proteger suas linhas de abastecimento.

Marcas-Vermelhas

Grupo violento que tem perturbado a segurança e a paz em Phandalin. Sua presença é eventual, mas temida por toda a cidade. Tem esse nome por se vestirem constantemente de vermelho. Ostensivamente, seriam apenas uma Guilda de Mercenários, mas na prática ninguém em Phandalin (exceto talvez o Mestre da Cidade, Hugo Wester) os vê como algo melhor do que arruaceiros perigosos.

Seu líder supostamente porta um bastão de vidro como marca de seu posto.

Osmar Barten

Proprietário da casa de comércio de artigos para aventureiros em Phandalin. Patrão de Cardo e Anderson.

Pedrinho

Criança de talvez cinco a oito anos, filho dos Stonehill. Teme os Marcas-Vermelhas.

Thomas Stonehill

Proprietário da Estalagem Stonehill de Phandalin. Marido de Helena, pai de Pedrinho, patrão de Elza.

Sérgio Hallwinter

Aliado de Gundren Buscarocha, com quem tem projetos comerciais envolvendo Phandalin.

Sérgio foi capturado por um grupo de Goblins do Rei Groll (por ordem de um certo Aranha Negra, supostamente um Goblin) enquanto se dirigia para Phandalin com Gundren Buscarocha. Recentemente, o próprio grupo que Gundren contratou para encontrá-lo em Phandalin com sua caravana acabou por resgatar Sérgio e agora prepara-se para fazer o mesmo com o próprio Gundren.

Sérgio tem negócios com Hugo Mester, Mestre da Cidade.

Pagou 250 GP ao grupo por libertá-lo dos Goblins de Aranha Negra, presumivelmente com fundos da Aliança dos Lordes.

Clique para voltar ao Índice no topo do texto


Eventos

Pacto de Phandelver

Segundo Sérgio Hallwinter, trata-se de um pacto entre clãs de anões e gnomos proclamado mais de quinhentos anos atrás. Definiu a partilha de uma mina na Caverna do Eco da Onda. Sérgio mostra nostalgia dessa época, que vê como de grande prosperidade para Phandalin e para uma cidade humana próxima.

Clique para voltar ao Índice no topo do texto


Objetivos e Metas

Resgatar Gundren; encontrar a Caverna do Eco da Onda e a Forja das Magias; decidir como lidar com os Marcas-Vermelhas; considerar a possibilidade de contactar os irmãos Buscarocha em Phandalin.

  • Enfrentar os Orcs próximos ao Pico do Wyvern, a dois dias a leste de Phandalin e visível a 20 milhas de distância.

    Hugo Wester paga 100 peças de ouro como recompensa por derrotá-los.

  • Derrotar os Goblins do Rei Groll (incluindo em tese o Bugbear Klarg e seu lobo, Estripador) no Penhasco da Bocarra e resgatar Gundren o Anão, presumivelmente com um mapa da mina perdida e capturado no Castelo do Rei Groll.

    Recompensa de 300 GP, paga pela Aliança dos Lordes por intermédio de Sérgio Hallwinter.

  • Klank deseja resgatar o machado que deixou no ferreiro na véspera e, se possível, comprar armadura melhor que sua atual cota de malha.

    Sandoval deseja adquirir um Foco Arcano para facilitar o uso de sua magia.

Clique para voltar ao Índice no topo do texto


Eventos em ordem cronológica

Calendário da Costa da Espada, no Reino de Faerûn, no mundo de Toril

6/7/1491 – Sexto dia do sétimo mês – Flamerule (Summertide – Maré do Verão) no ano 1491 DR

1º dia de aventura

A maioria dos membros do grupo (exceto Erevan Brisa Noturna) se conhece em Neverwinter.

7/7/1491 – Sétimo dia do sétimo mês – Flamerule (Summertide – Maré do Verão) no ano 1491 DR

2º dia de aventura

Viagem até Phandalin. Primeiro confronto com goblins. Flechas de penas negras.

8/7/1491 – Oitavo dia do sétimo mês – Flamerule (Summertide – Maré do Verão) no ano 1491 DR

3º dia de aventura

O grupo conhece Erevan Brisa Noturna e Davi Edermath. Exploração e confronto na caverna dos Goblins.

9/7/1491 – Nono dia do sétimo mês

4º dia de aventura

O grupo retorna a Phandalin após novo confronto com Goblins, no qual faz seu primeiro contato com o bugbear Klarg.

(Início da tarde)

Erevan e Sandoval travam contato com a Sacerdotisa de Tyrona, enquanto Klank e Vern Verón falam com Luana Graywind.

O grupo inteiro conversa brevemente com Sérgio Hallwinter, depois com Hugo Wester, e finalmente com Davi Edermath, antes de se dividir momentaneamente. Um inesperado confronto com os Marcas-Vermelhas leva-os a se reunir imediatamente em seguida.

Clique para voltar ao Índice no topo do texto





Comments are closed.