Esse podcast de RPG é um oferecimento AUDIBLE da AMAZON!

Experimente em www.audibletrial.com/rpgnext

 

 

Tarrasque na Bota apresenta… Legionários, uma aventura de GURPS – Episódio 1 de 2.

 

   ATENÇÃO: Esse podcast é recomendado para maiores de 14 anos.

 

“Dá para dizer que nem é um cast, mas um storytelling, um os melhores do RPG Brasil na web.” 

– Raphael Lamour (ouvinte) –

“(…) sempre boas risadas, me deixam felizes de dizer que, juntamente com o pessoal do Crônicas De Mentes (outro podcast nesses moldes, mas que usam FATE) são, para mim, os melhores da podosfera.

– Thiago Dante (ouvinte) –

“Parabéns pelo cast.”; “RPG Next de volta a todo vapor!”; “imagino que deve ser muito trabalhoso fazer a edição, mas o produto final é de qualidade parabéns.”

– Joseph Mugiwara (ouvinte) –

“Adorei a nova temporada, agora com mais personagens e mais tempo de aventura para nós conhecermos melhor cada personagem.” 

– Gustavo PL (ouvinte) –

“O melhor podcast no quesito RPG – Muito bom esse podcast, obrigatório para todo jogador de RPG e simpatizante dessa cultura. Narrador e jogadores de parabéns pelo trabalho. 

– Mugiwarajoe (ouvinte) –

“Um amigo me recomendou os podcasts do jovem nerd a respeito de rpg, bem não desmerecendo o trabalho deles pois tbm adoro os casts deles , mais em relação a rpg vocês são sem duvidas os melhores , melhores interpretações, é melhor edição de áudio, continuem com esse trabalho excepcional.”

– Heitor Reis (ouvinte) –


 

Com a participação de:

 

 

Uma produção RPG Next.

 


Podcast RPG


SUPORTE NOSSA CAUSA!

Nossa Campanha do PADRIM está no AR! Acesse e veja nossas Metas e Recompensas para os Padrinhos.
https://www.padrim.com.br/rpgnext

 

Campanha do Padrim do RPG Next

 

PADRINHOS E MADRINHAS QUE SUPORTARAM O RPG NEXT – NOVEMBRO DE 2017:

matheus ulisses xenofonte
Helio Rodrigues Machado Neto
leonel de medeiros britto
RAFAEL PEIXOTO DE MORAES PEREIRA
Alex Magno Oliveira Madeira
Bocão
Jefferson Wilhelm Meyer Soares
RODRIGO OLIVEIRA DE SOUZA
Fabiano Pedroso
Pablo Azevedo
Diego Contiero da Silva
Gustavo Guidolim Lopes
Pedro Salles
Guilherme Gouveia de Oliveira
Diego Brandão de Paiva
João Nörenberg de Deus
Gabriel Previato
Cristina Ruschel Miranda
Almir Rodrigues
Marcelo Andre Salomon Matias Junior
Guilherme Carvalho
Paulo Júnior
José Rodrigues de Oliveira Neto
Alola Ulqui
gabriel ramos
EVANDER CLAUDIO
Rafael Rocha
Weber Lima Ferreira Júnior
Rodrigo dos Santos Watzl Costa Lima
Jácomo Gustavo Pilati
Andre Bomfim
Rodrigo Minan de Oliveira Crus
Rafael Costa
Vinícius Fontoura Corrêa
MARCELO DOS SANTOS REBELO
Erenildo Francisco da Silva Júnior
André Luiz Kupkovski
Cristian Maicon Voltolini
Lincom Correa Pinheiro Ramos
Guilherme Monquero
PEDRO DA SILVA BASTOS
allan flausino
victor hugo moura de souza
Gustavo André Marques de Souza Júnior
Daniel Luiz de Carvalho
Vitor César de Carvalho
Fernando José Souza Junior
Deivid Magno Marques Nascimento
Lucas Vinicius Massoline Correa
Sandro Sonetti
Eduardo Moreira Pessoa
Roger Ribeiro de Aguiar
Fabio Rodrigues dos Santos*
Jean Fernandes*
Felipe de Oliveira Soares*
Gabriel Pinheiro Vieitas*
Flávio Romero Acácio Barbosa*
Diogo Pascoato*
Samuel Fachini*
José Marcos de Jesus Silva Junior*
Joseph*
Marcio Luiz Palma Resende*
Luis Gustavo Andreeta*
Andrei Severgnini da Rosa*
Marcone Ellis Brant Chamone*
Fabio Salge Figueira*
Lucas Soares Caldas*
Fábio Rocha Lima*
Raphael Lamour*
Daniel Tavares*
João Antonio de Oliveira Soares*
Thiago Alcântara*
Rodrigo Oliveira*
Jorge Augusto Terrão*
Luciana Ferratto (Lucy)*
Allan Rodrigo Dias*
Ewerton Benfica Queiroz*
Karol Moura*
Douglas Edenilson da Silva*
Thalisson C. Torres*
Felipe Massao Tanaka Masutani*
José Roberto Calderon*
Deivisson Hoffmann Sedrez*
RAFAEL LOPES BRAGANCA DE AZEVEDO*
Yuri Travalin*
Willian Bersch Yamashita*
Luiz Gustavo Fiaux Vieira*
Marcos Paulo*
HUR BEN TORRES JUNIOR* (novo padrinho)
Lucas Nunes de Carvalho* (novo padrinho)
João* (novo padrinho)
Caio Prado Zaplana* (novo padrinho)
Lisbino Geraldo Miranda do Carmo* (novo padrinho)
Jorge Henrique* (do Japão)

 

*citados no Pergaminhos na Bota esse mês.

 

AJUDE!

 

Por fim, lembre-se que você também pode nos ajudar através de compras em nossos links afiliados. Caso você veja um produto de seu interesse em nossos banners na lateral direita do site, se você clicar lá e efetuar uma compra de QUALQUER produto dentro do site, seja no Amazon, Submarino, Lojas Americanas, Shoptime ou Sou Barato, essas empresas afiliadas nos repassam um percentual de sua compra para nós. Saiba que seu produto não custará nenhum centavo a mais por causa disso! Ok? Com essas formas de ajuda, você nos ajudará a manter nosso trabalho por mais tempo.

 

COMPARTILHE!

Se você gostou desse Podcast de RPG, então não se esqueça de compartilhar!

Nosso site é rpgnext.com.br,

 

DEIXE SEU FEEDBACK!

Se quiser deixar seu feedback, nos envie um e-mail em contato@rpgnext.com.br ou faça um comentário nesse post logo abaixo.

Seu comentário é muito importante para a melhoria dos próximos episódios. Beleza? Muito obrigado pelo suporte, pessoal!

 

Links para MÚSICAS e SFX sob a licença Creative Commons

Contato

Facebook / Twitter / Google+ / YouTube

 

  • Victor Hugo Moura

    Adorei o episódio e os personagens! Fiquei com o pé atrás de Fernando ou Olavo ficarem nas sombras de Klank e Sandoval, mas já sou fã de ambos os novos personagens. Ademais, gostei da inclusão de Vanessa no time.

    Esperando ansioso por uma partida de Supers!

  • Victor Hugo Moura

    Ah. …GURPS é …hum ….ah….hum ….interessante hahahuahua

  • Gurps <3

    Que saudade de jogar nesse sistema maravilhoso que, em muitos pontos, trás bem mais possibilidades que o D&D.
    Episodio extremamente divertido e emocionante… beirando a tensão, principalmente no inicio. Watzl meu querido, que maneira diferente de iniciar uma aventura, começar no futuro e voltar ao passado, gostei bastante, parabéns!
    Vanessa já conquistou meu coração nesse episodio hahahahahah

    Ansioso para a próxima aventura e que as falhas criticas não os alcancem… tanto XDDD

  • Obrigado Thalisson! A Vanessa foi realmente sensacional! O fato de a aventura estar dessincronizada temporalmente permite gerar bastante tensão mesmo. E isso continua até o final dela, no próximo episódio. Aguardem!

  • A arte imita a vida. A vida imita GURPS!

  • Que bom que gostou! O Fernando estava absurdamente engraçado, e o Olavo, que estava doente nesse dia, manteve uma representação fenomenal. Quanto a SUPERS… Eu tenho uma campanha de SUPERS na cabeça… Depende apenas de os padrinhos pedirem. Mas, acho melhor acostumar os jogadores ao sistema, antes de entrarmos com personagens mais complexos e com diversas opções. Eu simplifiquei tudo nessa aventura. Usei o que chamo de combate ultra básico, não usei diversas regras, e tentei manter o jogo mais fluido. A principal vantagem do GURPS é essa: Ele é modular! Você pode usar a quantidade de regras que mais for fazer a mesa fluir bem. Como os testes são (quase) sempre de um tipo, joga 3D6 contra um número na ficha (O que é cada número é o que varia) fica fácil de aprender. Basta ler as descrições das características de cada personagem. Acho que, com o tempo o pessoal vai gostar bastante de jogar em GURPS.

  • Guilherme Alfradique

    Não gosto de Gurps mas estou comentando antes de ver, tomara que fique bom 🙂

  • Rafael – O Silencioso

    Não sei nada de Gurps. Vou ler sobre ele.

  • Raphael Lamour

    Adorei o início Vinicius, os jogadores perdidaços e apanhando, o flashback é divertido, mas arriscado fazer isso.

    Quanto ao GURPs, comecei com ele, mas eu acho que esse sistema se baseia muito em tabelas e regras para tudo, e os checks nunca foram instintivos. Estou tentando ser amigável com sistema e tentar re aprender as regras ouvindo o cast.

    Sinto que no GURPS é tão realista, que cenas épicas e incríveis são difíceis de acontecer, é muito pé no chão e difícil fazer ações sem que você seja um personagem criado com muitos pontos (equivalente à nível do D&D).

  • Raphael Lamour

    idem

  • Opa Raphael, que bom que você está gostando. O lance de fazer em flashbacks foi realmente arriscado, mas já foi pensado desde o início. Essa aventura, eu joguei num evento que teve no RJ chamado GURPS in Rio, com outras pessoas. Fiz a história para ajudar a promover o livro. Com o pessoal daqui do RPGnext, mudei um pouco alguns personagens, mas o geral da história foi a mesma coisa. O GURPS é um sistema completamente maleável à sua vontade. Você pode utilizar a quantidade de regras que melhor satisfizer o mestre e os jogadores. Nessa história usei um mínimo de regras, mas mantive os resultados dos dados. Quanto a fazer coisas épicas, vai depender da campanha. Se for uma campanha realista, provavelmente o seu personagem vai acabar se dando mal de tentar algo muito épico. Basta ver os diversos vídeos de fails na Internet. Agora, numa campanha cinematográfica, vale fazer bem mais coisas! E, não necessariamente os personagens precisam ter muitos pontos. Claro que ajuda, mas podem ser bem simples. Uma campanha que joguei com uns amigos, foi uma campanha onde todos os personagens eram crianças. Com poucos pontos, mas numa aventura épica. Os jogadores tiveram ham de usar a inteligência para resolver os problemas. Foi bem legal. Eu ando pensando se não devo fazer um: Regras do GURPS 4e. Pra ajudar as pessoas a entenderem as regras do sistema.

  • Rafael, se quiser ler, o GURPS lite pode ser baixado de graça no site da Steve Jackson Games (tem em português) e, só com ele, já dá pra jogar muitas coisas.

  • Espero que tenha gostado do episódio Guilherme. 😉

  • Vinicius Moes de Souza

    Excelente! Finalmente um podcast que a galera joga GURPS! Para mim um dos melhores RPGs já criados até hoje, infelizmente o pessoal tem muito preconceito com o sistema, que é extremamente maleável e simples quando se começa a jogar. Onde o mestre pode escolher quais regras serão aplicáveis ou não no jogo sem interferir em nada na jogabilidade dele e que você pode jogar qualquer coisa, usando qualquer suplemento de qualquer edição sem ter que mexer em nada praticamente.

  • Eu nunca tive opinião formada sobre GURPS. Só sei que era um sistema bem bulinado pela sua quantia de regras hehehe. Mas a sua mecânica básica de rolar 3d6 faz com que os extremos (crítico e falha) sejam bem mais difíceis de sair, enquanto números medíocres saem com mais frequência. Isso dá a impressão de mais realismo na partida. Particularmente eu prefiro um pouco mais de caos, mais emoção. Mas jogar RPG com os amigos não tem preço hehehe.

  • Bom saber, Vinicius, hehehe. Abs!

  • Sinto um pouco disso também, Lamour. Até comentei ali acima sobre essa parte. Abs! 🙂 Apesar disso não me incomodar, não me vejo mestrando GURPS.

  • Que bom que gostou Thalisson! Abs! 😀

  • huahuahuaahuahuahua

  • Só cobrar o Vinicius! Será que ele mestraria uma aventura one-shot de GURPS Supers numa LIVE?

  • Vanessa Muller

    Olá querido Thalisson! Obrigada pelo carinho… confesso que estava mais perdida do que cego em tiroteio, mas adorei a experiência e tive a oportunidade de entender um pouquinho do porquê jogar RGP é tão fascinante! A experiência imaginativa que nos faz criar falas e a pensar com a personalidade do personagem é simplesmente apaixonante! E o mestre Vinícios é excelente, apesar de ser bem cruel com os personagens hehehehe! De cara já começou a aventura com dano até por dentro dos olhos dos personagem…hahaha!

  • Victor Hugo Moura

    hahahahaha bem isso mesmo!

  • Victor Hugo Moura

    O GURPS realmente é bem plástico: Você consegue aplicar praticamente qualquer coisa nele. Gostei de como foi feito … ficou bem fluído, mas n sabia que vc tinha simplificado. Ademais, o sistema fica como plano de fundo, quando ambos mestre e jogadores são tão bons!
    Esperando uma aventura de SUPERS e (quem sabe) Call of Cuthulhu =P

  • Victor Hugo Moura

    já to cobrando!!! hahhaaha

  • Lucas Endo

    Gurps é demais! Jogo a mais de 15 anos esse sistema. Vocês utilizaram o quarta edição?

  • Isso. Usamos a quarta edição nesse aventura. É mais fácil de montar os personagens no GCA

  • Lucas Endo

    Vinicius, eu uso a ficha pdf la do grupo Gurps Brasil no facebook e depois passo a limpo no roll20.

  • Marcelo

    Graças ao GURPS eu conheci vcs e GURPS só é o melhor sistema que existe para quem não quer ficar aprisionado a regras, engraçado que quem não conhece o sistema tem uma visão oposta.
    Gostei e vou passar a acompanhar vcs.

  • Lucas! Se depois a gente puder conversar, quero saber como faz para colocar essas fichas no roll20. Posso falar com você pelo Facebook? Obrigado.

  • Lucas Endo

    Vinicius, pode falar sim!

  • Lucas Luke

    Os dois episodios ficaram muito bons! Parabens a todos os envolvidos!

  • Muito obrigado!

  • Muito obrigado Marcelo. Embora a maior parte do conteúdo do RPGnext seja, de certa forma relacionado ao D&D, temos a intenção de expandir o conteúdo com outros sistemas. Espero poder, em breve colocar mais coisas de GURPS! Se você gostou da história, saiba que há um livro romanceado, tratando das aventuras de um outro grupo, no mesmo universo. Ele está disponível pela Amazon e se chama Damocles o início.

  • Valeu Lucas! Que bom que gostou. 😉

  • Lucas Luke

    Caramba gente! Fui procurar mais aventuras e só agora vi que a da mina tem MAIS DE CINQUENTA EPISÓDIOS! kkkkk
    Isso é uma coisa boa na verdade. Vou ter bastante material para me divertir. xD

  • Aventura Épica! 😉