“O Grupo” – juntando RPG a um psicopata

12 de outubro de 2016
Quando jovens querendo diversão encontram um psicopata mascarado você tem um clássico filme de terror. Adicione as jogatinas de RPG para o próximo passo no livro “O Grupo”.
ogrupo_titulo

Nesse suspense policial o grupo de nove amigos se reúne para um final de semana com RPG e festa. Entretanto a espreita deles, uma figura de roupas brancas e cruz vermelha, busca expurgar o “pecado” de seus corpos violentamente.

 

 MAIS QUE UM SUSPENSE
Nesse grupo de entusiastas do RPG teremos vários históricos, personalidades, problemas e traumas. Esse aspecto heterogêneo combinado as descrições de partidas feitas pelo autor torna fácil reconhecer situações comuns de mesa. Isso acaba por transformar a história em algo a mais de quem será a próxima vítima ou o culpado das atrocidades cometidas e contadas nos mínimos detalhes.
Também é uma homenagem as horas em que se passa junto dos amigos, a diversão coletiva, ao espírito de amizade que se cria ao dividir sua imaginação e nas desavenças de jogo que não impedem ninguém de dividir uma bebida.

 

ALÉM DA HISTÓRIA
Além dos aspectos centrais do enredo, a trama levanta alguns pontos muito debatidos entre aqueles que conhecem do que se trata o RPG e daquilo que é divulgado por aqueles que não procuram se aprofundar no assunto.
O velho debate sobre a violência e vício nos jogos está em vários momentos, sendo a principal motivação do mascarado em perseguir o grupo de jogadores. O autor consegue no decorrer das ações colocar os argumentos de ambos os lados, deixando para que os personagens os debatam entre si e o leitor possa divagar.
 debate
No entanto, toda boa história tem suas falhas. Em certos trechos as descrições se tornam longas, fazendo a leitura perder ritmo, precisando de esforço para se manter focado no mais importante.

Além das extensas descrições, há certo clichê nas personalidades de alguns personagens, tornando suas ações previsíveis, diminuindo levemente o suspense da trama central.

 

CONCLUSÃO
Numa história equilibrando momentos de violência sanguinária e diversão RPGística, a trama entretém e mantém o interesse do leitor na busca de até onde o “cavaleiro” chegará em sua louca missão “sagrada” e sobre as relações dos personagens em busca de mais experiência, no jogo ou na vida.

 


Conheça você mesmo a história:
“O Grupo” – Livro Físico

“O Grupo” – Ebook