Dicas para criar personagens: Onde buscar fonte de inspiração

6 de abril de 2018

Não importa se você está lendo um livro, assistindo um filme ou está se aventurando pelo mundo do RPG de mesa. Uma coisa que todas essas atividades possuem em comum é a participação de personagens.

Se não existissem personagens no RPG seria impossível dar vida às histórias e consequentemente tornar todos os participantes tão engajados. Personagens mal construídos podem literalmente por fim a uma aventura que o mestre se empenhou tanto para criar.

Se você quer passar longe de ser um judas para seu grupo de amigos, continue sua leitura e conheça dicas infalíveis para te inspirar a criar personagens!

Pode ser do seu interesse – Começando um jogo de RPG do zero

Como criar personagens?

Pode parecer clichê, e realmente é. Mas uma boa ideia para você  que está meio perdido, a começar a criar personagens é começar pelo começo.

Entenda mais abaixo:

Primeiro passo: Cenário

Por começo, nos referimos ao cenário. Pense em qual cenário o seu personagem está sendo inserido e inicie a partir daí. Afinal, seu personagem não pode existir no vazio, então pense no cenário que deverá fazer parte e quais tipos de criatura podem existir ali.

Por exemplo, em uma floresta podem haver desde elfos até a trolls. Então, dependendo do cenário se abre uma enorme gama de opções.

Para buscar inspirações de cenários você pode começar a olhar para o seu redor de uma nova forma. Por exemplo, será que os prédios em volta do centro não poderiam render inspirações para torres malignas? Repense seu cotidiano!

Dessa forma, você pode se surpreender com o tanto de inspirações que vão surgir apenas em olhar para o comum de forma diferente. Se ainda for pouco, pode ser uma boa ideia assistir filmes que retratam épocas diferentes.

Segundo passo: comece pelo bruto

Nem sempre a primeira ideia que surge na hora de criar personagens é a melhor. Mesmo assim, comece pelo o que surgir, use um arquétipo e depois o molde as suas necessidades.

Para esse tópico pode ser uma boa ideia se inspirar em figuras que você goste, como um personagem de uma série, livro ou HQ’S.

Terceiro passo: modelando

Depois que você já tem uma imagem, mais ou menos, bruta de onde deseja chegar é hora de finalmente dar vida características específicas dos seus personagens. Nesta etapa qualquer coisa pode virar inspiração. Ainda mais que as características que serão agregadas são tanto de personalidade quanto físicas.

Por exemplo: Arcadia tinha os olhos tão amarelos quanto o sol no verão, cabelo tão negro quanto a escuridão da floresta encantada e a pele tão pálida quanto alguém que permaneceu morto por séculos e depois voltou a vida. Mas apesar da aparência sombria possuía um temperamento tão doce quanto uma mãe amorosa e zelosa.

Note, aqui misturamos desde coisas que podemos ver, como o amarelo do sol até a características mais intangíveis, como uma mãe amorosa. Dessa forma é possível identificar as diferentes coisas que serviram de inspiração para a criação de Arcadia.

Complemente com – 3 Dicas de como criar personagens em uma mesa de RPG

Com essas três dicas simples, já dá para ter uma ótima base de onde buscar inspiração. Leia, escute e veja tudo o que acontece ao seu redor. E se tiver com alguma dúvida já sabe né? Basta jogar invocar um dos nossos magos deixando suas pergunta abaixo!

Mistério de Tagfel

Mistério de Tagfel