Aprenda a jogar Fiasco com esses 5 passos

21 de junho de 2018

Para quem está chegando agora no universo do RPG, talvez o jogo Fiasco seja uma verdadeira novidade. No entanto, ele já encanta os amantes da ironia e humor negro há um bom tempo!

A palavra, provavelmente, você já conhece. Até porque, quando alguma coisa dá errado logo vem a exclamação “nossa, que fiasco!”. E jogar Fiasco, é exatamente assim, afinal, ele parte do princípio de que todos os jogadores estão ferrados. Parece divertido, não?

O cenário desse RPG é baseado um situação de desastre total. Então, se você gosta de filmes como “Fargo”, “Queime Depois de Ler” e “Um Plano Simples”, vai adorar essa narrativa. Mas, já comece sabendo que jogar Fiasco é estar preparado para todas as situação darem errado.

Além disso, é importante ter em mente que esse RPG é diferente dos demais, a começar por ele não possuir um mestre. Toda a narrativa é compartilhada pelos jogadores, assim,  cada um conta uma parte. Outra diferença é que cada sessão é um novo jogo, como novos cenários e situações. Dessa forma, o livro base do jogo torna-se indispensável para o desenvolvimento das partidas.

Também pode ser do seu interesse: Como jogar com personagens malignos?

E aí, se animou para começar esse role playing game? Então veja algumas dicas de como começar a jogar Fiasco!

As regras do jogo

Jogar Fiasco é bem simples, até porque o jogo possui poucas regas e apenas cinco fases. São elas:

  • Preparação;
  • Ato Um;
  • Virada;
  • Ato Dois;
  • Conclusão.

A preparação

A preparação é a primeira fase para jogar Fiasco e ela é destinada à criação dos personagens e cenários. Os personagens são desenvolvidos com base nas relações com os demais jogadores. Essa trama pode ser anotada para que os detalhes da narrativa não se percam durante a partida.

As relações entre os personagens são estabelecidas seguindo a ordem da mesa. Ou seja,  seu personagem estará conectado ao personagem do jogador ao lado. Dessa forma, as teias de relações começam a ganhar potencial.

Uma dica importante para a fase de preparação é soltar a imaginação. Afinal, será criada uma narrativa completa para ser encenada na mesa.

Os dados também fazem parte da preparação para jogar Fiasco, mas eles serão jogados em apenas dois momentos. Veremos mais para frente!

Ato Um

Essa é a fase em que se começa a jogar Fiasco de fato. Lembrando que o Fiasco não possui mestre, cada jogador na sua vez precisa decidir se prepara uma cena ou resolve uma situação já estabelecida.

Se você optar por resolver, a cena será desenvolvida pelo grupo para ser resolvida por você. Tudo isso sem esquecer de fazer uso das relações criadas na fase de preparação.

Nesse sentido, cada cena da narrativa fica centralizada em um dos personagens. Esse é um sistema simples, onde cada jogador narra o que acontece à cada ação sugerida.

A virada

O momento de virada quando se joga Fiasco, é quando acontece alguma ação inesperada que muda totalmente o sentido do jogo. Ela acontece geralmente no meio da partida. De acordo com as regras, os dois jogadores que obtiverem a maior pontuação têm direito a escolher duas viradas.

Essa ação é muito importante para o curso da aventura, até porque ela determina qual caminho a narrativa irá seguir. Uma dica importante é escolher o que for mais improvável e inesperado. Dessa forma a partida ficará ainda mais interessante!

Ato Dois

Quando se joga Fiasco é preciso ter em mente que a segunda metade do jogo pode ou não seguir a mesma ideia do ínicio. Afinal, as ações propostas na virada serão incluídas aqui. E como o próprio nome já sugere, as coisas nunca terminam bem para os jogadores.

Nesta fase, os jogadores começam a contabilizar seus dados e resultados para verificar suas (pequenas) chances de se dar bem. Ou simplesmente, não tão mal quanto os demais…

A conclusão

É chegada a hora de terminar de jogar Fiasco! E com o valor acumulado nos dados o destino dos personagens serão selados. Dessa forma, os jogadores precisarão guia os personagens a um final trágico e divertido. Você pode narrar o seu final, ou de outro personagem, sem se distanciar muito na história.

Leia também: Aprendendo a jogar RPG: tudo o que você precisa saber para começar

Esse cinco momentos são fáceis e não costumam durar muito tempo. Então para quem gosta de partidas rápidas jogar Fiasco é uma ótima dica. Além disso, esse é um jogo extremamente divertido e se apegar ao personagem é uma regra básica que proporciona ainda mais emoção para a aventura.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre como jogar Fiasco? Conte para nós nos comentários!

Mistério de Tagfel